sábado, 12 de fevereiro de 2011

E quando Deus se revela a um homem.....


E quando Deus se revela a um homem.....

Is6:1 No ano em que morreu o rei Uzias, eu vi também ao Senhor assentado sobre um alto e sublime trono; e o seu séquito enchia o templo.5 Então disse eu: Ai de mim! Pois estou perdido; porque sou um homem de lábios impuros, e habito no meio de um povo de impuros lábios; os meus olhos viram o Rei, o SENHOR dos Exércitos.7 E com a brasa tocou a minha boca, e disse: Eis que isto tocou os teus lábios; e a tua iniqüidade foi tirada, e expiado o teu pecado. 8 Depois disto ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Então disse eu: Eis-me aqui, envia-me a mim.

Neste artigo iremos falar sobre a belissima experiência que teve o profeta Isaías. 

Durante o reinado do Rei Uzias,  esse jovem teve um linda experiência com Deus. Isaias teve a visão de Deus assentado sobre o trono e seus vestidos enchiam o templo. Serafim o adoravam dizendo: Santo Santo Santo é o Senhor.

Mais uma vez na história Israel e Judá passam por um declinio espiritual e começam a adorar outros deuses. A Lei dada por Moíses não estava sendo cumprida. Altos e baixos no meio do povo de Deus.              Morreu o Rei Urias e Isaías tem a visão.

"Deus tem o momento certo de se revelar aos seus escolhidos" 

A visão que Isaías teve trouxe mais temor ainda ao seu coração. Isaías era servo de Deus, porém era a primeira vez que Deus se revelava ao seu servo de uma forma tão profunda.

Essas experiência profundas com Deus, podem acontece na tua vida, como servo de Deus que você é. Busque ao Senhor, não cesse de buscá-lo até encontra-lo. Busque sua própria experiência com Deus. Não tem nada de errado em você desejar conhece-lo mais.

Logo em que Ele vê a Deus, Isaias reconhece seus estado de miséria e clama por misericordia. O profeta chega a dizer que iria morrer, porque era pecador e habitava no meu de um povo pecador de lábios impurros. "E seus olhos tinham visto à Deus."

Deus te conhece, por mais que você pense que não. Sabe dos teus pensamentos e das tuas obras. Sabe o momento certo de agir na tua vida.

Quanto mais perto do Senhor você estiver, mais conhecedor da sua debilidade ou fraqueza você terá. Muitos por ai se acham fortes e confiam na sua propria força, sabedoria e conhecimento, contrariando assim a palavra de Deus que nos diz que" o poder de Deus se aperfeiçoa em nossas fraquezas", ou seja, dependa de Deus, é Ele que te capacita. Quando pensamos estar fracos é que estamos fortes.

Isaias diz: Eu vou morrer. Deus diz: Serafim, vai lá e purifica meu filho com fogo Pega essa brasa do altar e Limpa seus labios e purifica sua iniquidade. Os pecados estão perdoados.
Olha que tremendo é Deus.

Deus escolhe um homem. Se revela para Ele, perdoa seus pecados, o fazendo assim uma nova criatura, e batiza com fogo. O Espirito Santo entra em ação, capacitando a esse homem a servir a Deus na terra, dando testemunho de Jesus e do seu poder. Para a Glória de Deus.

Quando Deus se revelar a você, sua vida nunca mais será a mesma.
1.Sua maneira de falar será diferente. Isaias teve os lábios purificados.
Ao invés de amadiçoar você irá bendizer.
2. Você será um nova criatura. Filho do Deus vivo. Pecados perdoados, fala de vida nova.
3. Pronto para servir à Deus. Isaías disse: Eis-me aqui Senhor. Usa-me a mim. O Espirito Santo te capacitará para servir a Deus.

Queridos, Deus Pai deseja se revelar a você. Revelar sua Glória e seu poder. A palavra nos diz que o véu que separa o Santo dos Santos já foi rasgado. Você tem direito, como filho de se aproximar mais do seu Pai. Busque conhece-lo mais a cada dia. A intimidade de Deus é para seus filhos. Deixe-se ser levado a outra dimensão espiritual na presença de Deus. E saiba, que tudo isso é para que o nome de Jesus seja glorificado. Quanto mais perto de Jesus você estiver, mais parecido com Ele você será.

Deus te abençoe em Cristo, e conte com a ajuda do Espirito Santo.

Pra. Thaís

"E por se multiplicar a iniquidade, o amor de quase todos esfriará…" (Mt. 24:12)

Por que será que observamos através dos tempos cada vez mais a falência do amor? Estou me referindo a um amor prático, ao amor de compromisso, a um amor de fidelidade, de cumplicidade. Um amor que resiste a idade, os problemas de doenças, tentações, um amor que não se porta inconvenientemente, que não busca os seus próprios interesses, que não se irrita, que não suspeita mal, ou seja, um amor confiável, um amor que é justo, que se regozija com a verdade. Que sofre, que crê, que espera e que suporta tudo (I cor 13). Será que é possível vivenciar esse tipo de amor em nossos dias? Não um amor platônico ou aquele amor doentio que traz mais insegurança do que estabilidade nos relacionamentos.

Os poetas, os compositores ou pintores em todas as épocas, tentam de todas as formas passar para o papel relacionamentos entre pessoas, retratando com muita propriedade sentimentos negativos ou positivos; porém amar e ser amado só podem ser vivenciados porque quem consegue transformar os seus sonhos em realidade. Isto porque não vivemos somente de emoções. Temos que ser práticos.

O amor de um casal legitimado pela benção do Senhor, pelos laços do matrimônio e testemunhado pela sociedade, pode e deve passar na prova do tempo. Infelizmente a durabilidade de um relacionamento conjugal hoje em dia está deixando e muito a desejar. A qualidade, a essência do verdadeiro amor não está sendo cultivada pelos casais. O romantismo é o elo de felicidade de ambos e é sumariamente colocado à prova todo o dia.

Outro fator também que devemos considerar é a auto-suficiência que encontramos na vida de muitos casais que chegam a pensar que podem ficar distanciados de Deus. Jesus Cristo não faz parte de suas vidas. De fato o Senhor Jesus é convocado apenas, quando vez ou outra o casamento está por um fio. Logo os conselheiros entram em ação, os pastores são procurados para oração, as reuniões na Igreja passam a ser mais visitadas. Já no tempo do apóstolo Paulo, ele conseguiu detectar estas anomalias, isto é: desvios que têm sido cometidos nos relacionamentos quando se referem ao amor. E com simplicidade, deixa-nos um capitulo inteiro, o capitulo 13 de I Coríntios instruindo-nos com sérias revelações do que é a prática do verdadeiro amor.


1.O amor é paciente é benigno;
2.Não é invejoso;
3.Não se vangloria;
4.Não se ensoberbece;
5.Não se porta inconvenientemente;
6.Não busca seus próprios interesses;
7.Não se irrita;
8.Não suspeita mal;
9.O amor não se alegra com a injustiça, mas se regozija com a verdade;
10.Tudo sofre;
11.Tudo crê;
12.Tudo espera;
13.Tudo suporta;
14.O amor jamais acaba.

Estas são as características do verdadeiro amor que você tem por seu cônjuge? Se não está praticando, que tal começar a partir de agora?

**** ~~ **** ~~ **** ~~ **** ~~ **** ~~****

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

"Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu filho Unigênito para que todo aquele que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna".Jo 3:16 

 Deus, em seu grande amor e conforme sua soberana vontade e propósito, quis sacrificar seu Filho,a fim de que pudéssemos viver(1Pe1:19-20).

E não somente isso, o amor consumado de Cristo é demonstrado pelo fato de Ele não ter sido acidentalmente "apanhado", Antes, sacrificou voluntariamente sua vida pelos pecados da humanidade. (Jo 10:18, Mt 26:53)



À luz desse preciosismo dom da salvação que temos através de JESUS é quase inconcebível que alguém, particularmente que diga fazer parte da Igreja Cristã, se esqueça da expiação, a verdade central da fé cristã histórica.

Digo isso porque muita gente tem se esquecido de celebrar e agradecer a Deus por ter enviado o seu Único Filho, JESUS, para morrer por nós e nos dar vida através do sacrifício na Cruz.

O pior, muita gente deixou de pregar a palavra ou testemunhar aos não-Cristãos sobre o nascimento de JESUS por causa dos demais prazeres da época, pelo comodismo, ou simplesmente porque tem vergonha do evangelho.

É tempo de refletir se realmente estamos representando o Evangelho de Cristo e realmente pregando a palavra. Temos que testemunhar, que pregar a palavra e anunciar JESUS neste Natal.

Celebremos o nascimento de Cristo, que veio salvar a humanidade e nos dar vida. O mundo precisa saber e conhecer a Cristo, e esta é uma ótima ocasião para pregarmos a palavra e anunciar à JESUS.
 
Feliz Natal, em Cristo!!!
"'porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; o governo está sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz." Is 9:6
O B R I G A D A  S E N H O R ! ! !

QUANTOS BOZOS EXISTIRAM? ARLINDO BARRETO FOI UM BOZO?E O BOZO QUE MORREU?


Arlindo Barreto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Arlindo Barreto
Nascimento 19 de maio de 1953 (57 anos)
Página oficial
IMDb: (inglês) (português)
Arlindo Barreto (19 de maio de 1953) é um ator e pastor evangélico brasileiro. Interpretou o palhaço Bozo durante anos no SBT e, após um tempo nas drogas, conheceu o poder do Evangelho se converteu e muito tempo depois se tornou-se pastor de uma igreja Batista. É filho da atriz e vedete Márcia de Windsor, falecida a 4 de agosto de 1982.

Trabalhos na TV