sábado, 26 de março de 2011

Eliezer Rosa. Juízo Final.



sexta-feira, 25 de março de 2011


Deserto - A escola de Deus ( Parte 1)

>> TERÇA-FEIRA, MARÇO 22, 2011

Então Jesus foi levado pelo Espiríto ao deserto para ser tentado pelo diabo. ( Mt 4:1).

A solidão do deserto

Jesus, o filho de Deus estava com 30 anos de idade e tinha chegado a hora de Deus manifestar o seu grande amor através do seu Filho amado.

Jesus foi até o rio Jordão para ser batizado nas nas águas por João Batista, seu primo. Quando Jesus saiu das aguas, os céus se abriram sobre ele e o Espirito do Senhor desceu sobre Jesus em forma de pomba e Jesus ouviu uma voz que dizia: Este é o meu filho amado, em quem minha alma se compraz. ( Mt 3:13-17)

Jesus estava obedecendo a tudo o que o Pai tinha lhe dito que fizesse. Trinta anos tinhamse passado.
Meu queridos irmãos, existe um tempo de preparação para as nossas vidas até que possamos ser usados pelo Senhor. Deus não escolhe vasos prontos, Ele molda vasos para usar. Jesus esperou trinta anos, e com isso eu não digo que ele não estava preparado,simplismente aprove a Deus manifestar sua graça através de Jesus depois dele ser um homem.

Eu não sei quando Deus irá te usar, mas sei que Ele está te preparando para o louvor da sua glória. É necessário que você se apresente obediente ao Senhor. Sendo assim o processo é menos dolorido e longo.

Logo depois do batismo, chegou o momento da tentação. O engraçado é que não foram os demonios que levaram o Senhor ao deserto, senão o próprio Espirito Santo.

Deus prova a nossa fé, obediência, persistência, humildade, confiança e tudo mais o que você imagina. Deus não nos tenta com o mal, porém permite que o inimigo nos ataque para nos testar, não porque Deus deseje que sejamos repeovados, mas ao contrário, depois de sermos provados e aprovados, somos mais fortes e confiantes no Senhor. Podemos com mais ousadia, testemunhar a respeito de Cristo.

O deserto serve de escola. No deserto aprendemos a dar valor as bençãos que Deus nos dá. Nosso carater é transformado e somos moldados a imagem de Cristo.

Você nunca será provado além das suas forças. Deus sempre te dará o escape. Seja confiante. Jesus foi levado pelo Espirito e não foi abandonado por ele  lá sozinho. Você também não está sozinho nesta tua caminhada pelo deserto. Deus está do teu lado,e Ele te ajudará a vencer as dificuldades.

Moíses escreveu assim: Lembra-te-ás de todo o caminho pelo qual o Senhor teu Deus te guiou no deserto durante esses 40 anos, para te humilhar e te provar, para saber o que estava no teu coração, se guardaria ou não os seus mandamentos. Ele te aflingiu, e te deixou ter fome; depois te sustentou com maná que não conhecias... (Dt 8: 2-3)

No deserto Ele tira o teu orgulho;
No deserto Ele prova o teu coração; Se es obediente ou não a sua palavra.
Nos deserto Ele também nos prova que estará sempre conosco. Ele sempre nos surpreende.

Sabendo que Deus usa de desertos como sendo uma escola, vamos passar por ele sendo melhores alunos. Dura coisa é ficar de recuperação no final do ano e pior ainda é ser reprovado.

Deus abençoe a cada leitor deste blog.

Essa mensagem terá uma sequência. Espero vocês sempre aqui. Sua visita é muito preciosa para nós.

Pra. Thaís Itaborahy

Por um instante ele tocou o coração de Jesus...

>> DOMINGO, MARÇO 20, 2011

Jesus estava se retirando logo após um dia de muito trabalho ensinando a multidão que o seguia e recebendo as criancinhas para abençoá-las quando derrepente se aproxima de Jesus um homem correndo que se prosta aos seus pés dizendo: Bom Mestre, o que eu preciso fazer para herdar a vida eterna? Jesus lhe responde dizendo: Porque me chamas bom, ninguém é bom senão um só, e esse é Deus. E continuou Jesus a lhe dizer: Sabes os mandamentos: Não adulterarás; não matarás; não furtarás; não dirás falsos testemunhos; não roubarás; honre teu pai e tua mãe. Ele respondeu: Mestre, tudo isso tenho feito desde de a minha mocidade. Jesus olhando para ele o amou, e disse: Falta-te uma coisa: vai,  vende tudo o que tens, dá aos pobres, e terás um tesouro no céu. Então vem, e segue-me. Mc 10: 17-21

Esse homem que a palavra de Deus não relata seu nome ficou desesperado quando viu Jesus e correu aos seus pés se prostando e perguntando acerca do reino. Ele sabia que a resposta estava diante dele. Ele tinha vontade de herdar a vida eterna e aproximou-se daquele que tinha a resposta para lhe dar. Desde de sua infancia tinha aprendido a temer a Deus e obedecer seus mandamentos. Tinha chegado a hora da decisão crucial da sua vida.

Quando o jovem responde para o Mestre que tudo fazia desde  de a sua infância, a palavra relata que  Jesus o amou. Você leitor, consegue imaginar o sentimento de Jesus ouvindo alguém dizer assim: Senhor, tenho cumprido com o que tu me ordenastes através de Moíses até o dia de hoje, sem faltar em nada. O coração de Jesus se encheu de amor por ele, afinal de contas, Jesus sempre o tinha conhecido. ( Sl 139).

Mas além daquilo que o homem sempre fez durante sua juventude, Jesus estava lhe pedindo algo mais. Vai e vende tudo o que tens e dá aos pobres. Jesus sabia que o coração dele estava apegado nas coisas terrenas o que lhe impediria de segui-lo, pois o fiho do homem, segundo a palavra, não tinha onde colocar sua cabeça ao dormir.

O coração do jovem rapaz se entristeceu, pois ele era muito rico. E logo ele foi embora triste, perdendo assim a oportunidade de ser um discípulo chegado e amigo de Jesus, um colaborador para o reino dos céus, também perdeu a chance de herdar o que por tanto tempo ele buscou, a vida eterna.Clique aqui se você não sabe o que deve fazer para herdar a vida eterna.

Jesus nos chama para sua presença, perdoa os nossos pecados e nos dá a vida eterna. E também nos diz que devemos tomar a nossa cruz e seguir após Ele. Isso significa caminhar após seus passos. E no entanto, você por muitas vocês não consegue abrir mão dos teus sonhos mais intimos. Jesus irá te pedir para abrir mão de tudo o que te separa Dele. No caso deste homem seria o dinheiro, talvez no seu caso seja o trabalho; um amigo que não te faz bem, um namoro que não seja da vontade de Deus, um direito que você crer que possiu, mais como filho de Jesus você precisa se humilhar e deixar Deus julgar a causa. Entre milhões de outros aspectos.

Eu me lembro que quando eu comecei a ir na igreja, eu tinha um carro zero, porque eu trabalhava em um restaurante e ganhava muito bem. Trabalhava 3 dias na semana e o salário era ótimo. Logo comecei a ir na igreja e minha vida musou completamente. A noite, eu não queria estar no restaurante e sim na igreja, porque lá eu me sentia bem e em paz. O meu ambiente de trabalho já não era tão bom, era inadequado para uma menina que tinha acabado de conhecer Jesus e queria ter um compromisso sério com Deus. Todo mundo era descrente e fazíamos muita festa. Fiquei lá durante 1 mês e depois fui despedida porque meu ex patrão disse que para crente aquele não era um lugar adequado. ( Glórias a Deus por isso.) Aconteceu que voltei a trabalhar em um Dunkin Donuts, muito alegre e feliz. Preguei para muita gente lá dentro. Porém, eu tinha que trabalhar 3 vezes mais e o meu sálario era 3 vezes menor. Iria eu glorificar a Deus e ama-lo do mesmo jeito? Deveria eu murmurar? As consequencias foram obvias. Logo não pude mais pagar um carro zero, mas sem problema, voltei a ter o meu velhinho e passei o zero para minha mãe. O que eu mais queria era Jesus. Dinheiro e carro zero jamais me troxeram a felicidade e a certeza do amor eu hoje eu tenho dentro de mim.

E se eu não tivesse aberto mão de ter aquele trabalho? Concerteza eu não estaria tanto na igreja, o que me impediria de conhecer mais a Deus e também de estar nas orações, o que me levou a ter várias experiencias com o Senhor. 

Cuidado com as suas escolhas. As escolhas que fazes hoje, infuenciará o teu amanha com Jesus.

 Onde está teu tesouro, estará também o teu coração. O coração deste homem ficou junto com os seus bens aqui na terra. Você deve fazer o impossível para que o teu coração esteja sempre com o teu Jesus. Não fique ansiosa quanto as coisas desta terra. Deus cuidará de você. Mt 6. Com isso não estou dizendo que ninguém deva para de trabalhar ou estudar. Pelo contrario. Você se esforça e Deus te ajuda. O preguiçoso terá com a formiga.

Não se esqueça de tomar a tua cruz e seguir após Jesus. Ele não quer que sais pela rua com uma cruz de madeira nas costas, como um fariseu, e sim o desejo do Senhor é que cada um de nós leve em sim as marcas do evangelho da graça. Siga os passos de Jesus em tudo o que fizeres. Como? O que faria Jesus se ele estivesse  no meu lugar?

Um abraço grande para todos os leitores deste blog. Uma semana cheia de vitórias para cada um. Obrigada por passar por aqui. Deus te abençoe.

Pra Thaís Itaborahy

quinta-feira, 10 de março de 2011

O propósito do inimigo é ferir


Por Rô

Quando Deus confrontou o inimigo, após a queda dos nossos primeiros pais, declarou: “ Porei inimizade entre ti e a mulher, entre a tua descendência e o seu descendente. Este te ferirá a cabeça e tu lhe ferirás o calcanhar” ( Gn. 3:15). Esta claro que ele ferirá o descendente da mulher. Quem é ele? (Jesus). Esta escrito que o homem seria ferido, mas também esta escrito que a cabeça do agressor seria esmagada, é uma boa nova, pois ferida no calcanhar é facilmente sarada, mas esmagamento de cabeça é golpe fatal.
Podemos nos gloriar em Deus porque Jesus, que se tornou Filho do homem foi ferido pela morte, contudo quebrou o poder do inimigo, vencendo-o para sempre e colocando a nossa disposição Sua retumbante vitória. Se o inimigo tem prazer em nos ferir, Deus em Cristo, tem prazer em nos sarar.
Um dos exemplos de como o inimigo busca um plano de ferir, encontra-se no livro de Jó.
Quando olhamos para as provas que Jó passou, vemos a crueldade inimiga que se compraz em esmagar a alma humana. Quando Deus fez um elogio a seu servo, logo o inimigo o acusou de insinceridade e motivos ocultos e egoístas, queria dizer:
Deus, minhas marcas no homem são tão profundas, que ele só te serve por interesse. Jó só é assim por causa de todas as riquezas e saúde com os quais acumulaste.”
Foi quando Deus o permitiu tocar nos bens e na Saúde de Jó. Ele então, foi abatido, mal compreendido pelos amigos e, aparentemente maltratado por Deus. O inimigo só deixou a esposa. Sabe porque?? Porque era seu instrumento para ferir ainda mais diante de um quadro de sofrimento, ele também não tirou os amigos, pois estes eram instrumentos de acusação e calúnia. Saiba que o inimigo é especialista em usar pessoa mais chegadas como instrumento de feridas emocionais.
Este é o seu projeto: ferir, quebrar, esmagar, espezinhar, oprimir, diminuir e acusar . Mas louvado seja Deus, que a história de Jó nos mostra que o homem e a mulher de Deus se levanta do pó em meio a prova, e dirá em confiança.
“ Eu sei que o meu redentor vive,e por fim se levantará sobre a Terra. Depois de revestido este meu corpo da minha pele, em minha carne verei a Deus” ( Jó 19: 25 , 26)
Portanto queridos quando as feridas e opressões vêm, estamos diante de uma obra inimiga e não divina. Muitas vezes ele tenta nos iludir para nos fazer crêr que o esmagamento emocional pelos quais estamos passando foram dados por Deus, pois assim os aceitaremos passivamente. Isso é pura mentira do inimigo. Ele é opressor, o acusador. Deus é quem nos livra das angústias e nos sara.
Seu Espírito em nós não nos condena, Ele convence, guia e restaura.
Saiba que antes de ti, Ele (Jesus) foi rejeitado, acusado, odiado, esquecido e abandonado. Sofreu todo tipo de ferida emocional. Ele sabe o que é ser rejeitado. Ele pode nos dizer:
“ Eu sei exatamente o que tu estas passando, porque já passei pelas mesmas coisas, sei como te sentes e por isso posso sarar o teu coração, e poderemos dizer: “ O castigo que nos trás a paz estava sobre Ele, e pelas suas feridas somos sarados” (Is. 53:5).
Olhe para Jesus!
Ele foi ferido no corpo, ferido nas emoções, os amigos o desprezaram, os seus o rejeitaram, odiado, caluniado, esquecido, mas tudo para que? Para sarar os corações quebrados, e isto incluem o meu e os seu querido.
Segue abaixo um vídeo que gosto muito, espero que gostem também. Paz e bom fim de semana a todos!
Poderá também gostar de:

segunda-feira, 7 de março de 2011

O real significado da estátua da liberdad

O real significado da estátua da liberdad


Mark Dice Infowars.com
Então, eu apareci em um programa do History Channel. Sinto-me honrado, mas eu ainda preciso mostrar como eles estavam errados e como os três investigadores mal arranharam a superfície do simbolismo da Estátua da Liberdade, e ainda menos sobre os Illuminati.

Alguns podem achar que ela foi dada aos Estados Unidos pelos franceses, mas poucos sabem que ela na realidade orquestrada pela maçonaria, a sociedade secreta, e não pelo governo da França.A propaganda para o programa perguntava: "Será que a Estátua da Liberdade contem uma mensagem secreta? Existem símbolos secretos inserido nela? Seria ela um símbolo secreto gigante ? Será que ela realmente representa Lúcifer? A resposta a estas perguntas é sim." 

Antes do episódio do programa "Decodificando por Brad Meltzer: Estátua da Liberdade", exibido pela primeira vez no History Channel dia 16 de dezembro de 2010, se você perguntasse à maioria dos americanos o que a Estátua da Liberdade representa, eles responderiam "América", "liberdade " ou "democracia".


É interessante como os Estados Unidos aceitaram 
um "presente" de uma sociedade secreta, e em seguida colocaram em um porto em Nova York, você não acha? Eu poderia doar um monumento e ter uma cidade importante colocá-lo em um lugar onde todos possam vê-lo? Espero que sim, porque eu tenho algumas idéias em mente. 
Frederic Bartholdi, o criador da Estátua da Liberdade, foi um maçom (não surpreendentemente), e muito familiarizado com o ocultismo e também com o simbolismo e filosofias dos Illuminati. As três figuras principais envolvidos com a estátua, Frederic Bartholdi, que projetou a estátua em si, Gustave Eiffel, que projetou a estrutura de suporte interno, e Richard Hunt, que projetou o pedestal, eram todos maçons.

O plano original de Bartholdi era para que uma estátua gigante deste tipo fosse colocada em um porto no Egito. Após a sua proposta ser recusada pelo governo egípcio, ele mudou um pouco seu design e ofereceu a estátua aos Estados Unidos.

O nome original da estátua era "A Liberdade Iluminando o Mundo", e não "Estátua da Liberdade". Novamente, a palavra "Iluminando" se encaixa perfeitamente com o tema dos Illuminati. Iluminando, Iluminismo, iluminação, o sol, inteligência, brilho, brilhante, Lúcifer. Você está percebendo? As pessoas inteligentes estão. Os zumbis, provavelmente, acabaram de parar de ler.

Uma imagem quase igual da Estátua da Liberdade fica na França, também em uma ilha, no rio Sena, em Paris, e foi criada em 1889, apenas três anos após a dos Estados Unidos. Se ele é um símbolo da "América", então porque é que há uma estátua quase idêntica na França? Na verdade, existem centenas de enormes "Estátuas da Liberdade" por todo o mundo.

Colosso de Rodes 

 Você não viu isso no programa, mas eu disse aos investigadores que a Estátua da Liberdade é essencialmente uma versão moderna do Colosso de Rhodes, que foi uma representação do deus grego do sol Hélios (Hélio é o deus do sol). O Colossus foi criado no século 3 antes de Cristo e retratava o deus Hélio segurando uma tocha e ficava localizado na ilha de Rodes, de frente para o mar. Ele tinha 107 metros de altura. Hélio também era representado como um olho que tudo vê, assim como os Illuminati.
"Esta gigantesca figura dourada, com a sua coroa de raios solares e sua tocha erguida, significava ocultamente o glorioso homem-sol dos Mistérios, o Salvador Universal." (Manly P. Hall - Os Ensinamentos Secretos de Todos os Tempos p. 189)

Há um poema impresso em uma placa que fica visível fora da Estátua da Liberdade em Nova Iorque, intitulado O Novo Colosso. 

 Houve também uma cerimônia maçônica, onde a placa abaixo foi posta perto da estátua. O texto da placa diz:
"Neste local em 5 de agosto de 1884, a pedra angular da Estátua da Liberdade Iluminando o Mundo foi colocada com uma cerimônia de William A. Brotte, William A. Brodie, Grande Mestre Macon do Estado de Nova Iorque. Membros da loja maçônica, representantes do Governo dos EUA e da Franca, oficiais do exército e da marinha, membros de Legações Estrangeiras e cidadãos ilustres estiveram presentes. Esta placa é dedicado aos maçons de Nova York, em comemoração do 100 º aniversário daquele acontecimento histórico."


 Pedra Maçônica na Estátua da Liberdade

 Pedra Maçônica na Estátua da Liberdade
A estátua simboliza também um composto de uma grande variedade de antigas deusas que representam o princípio feminino.

Deixe-me explicar Lúcifer

Eu disse que para os Illuminati e os ocultistas, Lúcifer ou Satanás (basicamente a mesma coisa) é benigno. Filosoficamente, religiosamente, ou o que quer que seja, não importa. Lúcifer é bom para eles.

Lúcifer é simbolicamente o salvador por causa do conhecimento proibido, o auto-conhecimento e o raciocínio intelectual que ele (figurativamente, metaforicamente ou literalmente) dá aos humanos, junto com a capacidade de pensar racionalmente e elevá-los a deuses entre todos os outros animais na Terra.

Embora os Illuminati vejam os conhecimentos e informações como bens extremamente valiosos (e com razão), eles querem os manter para si próprios, e deixar os outros "no escuro". Aqui estão alguns autores ocultistas clássicos que explicam a visão ocultista de Lúcifer, ou Satanás.
Madame Blavatsky

Madame Blavatsky

"Assim,' Satanás', uma vez que ele deixa de ser visto no espírito supersticioso, dogmático e filosófico das Igrejas, cresce para a imagem grandiosa do que fez um ser terrestre virar um homem divino, que lhe deu, ao longo do longo ciclo de Maha- kalpa a lei do Espírito da vida, e fê-lo livre do Pecado de Ignorância, portanto, da morte " - Helena Blavatsky - A Doutrina Secreta VI, p. 198 
"Assim Lúcifer - o espírito da Iluminação Intelectual e da Liberdade do Pensamento - é metaforicamente, o farol guia, que ajuda o homem a encontrar seu caminho através das rochas e bancos de areia da Vida, já que Lúcifer é o Logos em sua plenitude." Helena Blavatsky , HP - A Doutrina Secreta, v. II, p. 162



"Lúcifer, o portador da Luz! Nome estranho e misterioso para dar ao Espírito das Trevas! Lúcifer, o Filho da Manhã! É ele quem traz a luz, e com seus esplendores intoleráveis, cega as almas fracas, sensuais ou egoístas? Não duvide disso! " - Albert Pike - Moral e Dogma p. 321
"Tanto o afundamento da Atlântida e da história bíblica da queda do homem significam a involução espiritual - pré-requisito para a evolução do consciente."Manly P. Hall - Os Ensinamentos Secretos de Todos os Tempos p. 83

O perverso canalha do Aleister Crowley tinha isto para dizer:
"Esta serpente, Satanás, não é o inimigo do homem, seja ele quem fez da nossa raça deuses, conhecendo o bem e o mal, ele ordenou 'Conheça a ti mesmo' e ensinou a iniciação. Ele é o 'Diabo' do livro de Troth, e Seu emblema é o Baphomet, o Andrógino que é o hieróglifo da perfeição arcana" - Magia: A Teoria e Prática, p. 193

Independentemente da religião, há uma história na Bíblia que ajuda a explicar a filosofia do satanismo. Em Mateus 4:8-9, ele explica como Satanás levou Jesus ao topo de uma montanha e disse-lhe que lhe daria o controle sobre todos os reinos do mundo se ele adorasse a Satanás. Jesus, é claro, não aceitou esta oferta, mas esta história transmite um significado mais profundo do que parece superficialmente.

Então, quando Satanás disse a Jesus: "Tudo isto te darei a você se você se curvar e me adorares", ele disse parcialmente a verdade. Ele não estava divulgando as conseqüências que poderão ocorrer a partir de tais ações.

Não há necessidade de argumentar que Deus ou Satanás não existem. Uma interpretação literal ou figurada dessa filosofia ou o que seja "adoração" não muda nada, porque os efeitos são os mesmos de qualquer maneira. A passagem bíblica acima transmite a filosofia secreto do satanismo, seja você um cristão, muçulmano, judeu, hindu, ou até mesmo um ateu.

É interessante como maçons de alto nível negam ter qualquer coisa a ver com Lúcifer ou qualquer coisa Luciferiana, mas quando fica claro que eles incorporam Lúcifer em suas crenças, símbolos e filosofia, eles então dizem que nós entendemos mal.

Então, primeiro eles negam qualquer conhecimento sobre Lúcifer e em seguida, quando expostos como mentirosos, eles admitem isso, mas dizem que está tudo bem porque Lúcifer não é o diabo, e que ele é na realidade benigno.

A Tocha

Eu disse que a tocha que a Estátua da Liberdade está segurando representa a tocha de Prometeu, que significa Lúcifer no ocultismo. A história mitológica grega de Prometeu é a mesma alegoria de roubar o fogo (ou seja, o conhecimento) de Deus ou dos deuses, e dando aos seres humanos, assim causando a ira de Deus.

Helena Blavatsky explica em seu principal trabalho no ocultismo, "A Doutrina Sagrada" volume 2 (página 244), a alegoria de Prometeu, que rouba o fogo divino a fim de permitir aos homens prosseguir conscientemente no caminho da evolução espiritual, transformando assim no mais perfeito dos animais na terra e um deus em potencial, e os libertando para tomar o reino dos céus através da violência. Por isto também, a maldição pronunciada por Zeus contra Prometeu, e por Jehovah contra o seu "filho rebelde", Satanás".

Então não sou apenas eu fazendo a conexão entre Prometeu e Lúcifer. São os próprios ocultistas.
Aqui está Manly P. Hall, um dos maiores filósofos da Maçonaria, dizendo a mesma coisa em seu livro "Aulas em Filosofia Antigas" (página 163):

"O homem vagava sem esperança na escuridão da mortalidade, vivendo e morrendo sem luz ou entendimento em sua servitude ao Demiurgo e seu exército de espíritos. No fim, o espírito da rebelião entrou na criação sob a forma de Lúcifer, que sob o disfarce de uma serpente tentou o homem a revoltar-se contra os mandamentos de Jeová (o Demiurgo). Na Grécia, este personagem era conhecido como Prometeu, que trouxe o fogo impregnado dos deuses que iria liberar a vida latente nesta multidão de potencialidades de germes".

Os "chifres" na cabeça da Estátua da Liberdade

Os sete raios saindo da cabeça da Estátua da Liberdade representam os raios do sol, irradiando para fora de sua mente, e, simbolicamente, representa o espírito que irradia a partir da mente como conhecimento. Há sete deles, porque os chifres representam as sete artes e ciências liberais, assim uma base de conhecimento essencial.

A Illuminati adora o conhecimento, ou Gnosis, e eles gostam de deixar as outras pessoas no escuro, ou seja, mantidos na ignorância. A estátua também está segurando um livro, obviamente, símbolo do conhecimento e da informação, mais uma vez se encaixando com o tema do conhecimento e da informação, porque o conhecimento é poder, e é isso que os Illuminati têm.

Fonte:Acorde Cristo Vem

0 comentários:

Postar um comentário

ALEGRE O DIA DE UM BLOGUEIRO, DEIXE UM COMENTÁRIO!

Você pode elogiar ou criticar, observe apenas:
1-Não publicamos criticas de anônimos.
2-Baixarias e palavrões também não.
3-Nem todas as publicações são de minha autoria e o fato de estarem aqui não implica necessariamente em que eu concorde com todo o teor do post.