domingo, 20 de fevereiro de 2011

Quando o amor vence o ódio


Quando o amor vence o ódio - Ano Bíblico / Gênesis capítulo 33

 Para ler Gênesis cap. 33 clique aqui.

Ouça essa mensagem aqui

Amanheceu o dia, Jacó se encontra manco depois de passar a madrugada em luta. Chegou o momento da verdade. Esaú já está às portas, trazendo consigo 400 homens. Todos os enganos praticados por Jacó contra seu irmão, passam pela sua mente como se fosse um filme. O que estará no coração de seu irmão mais velho? Ódio? Vingança? Quem é que sabe...O fato é que chegou o momento de enfrentar ou não, o juízo humano por parte de Esaú.
Jacó orou ao Senhor  de madrugada, mas o resultado final de colocar seus pesares nas mãos de Deus, ele só iria conhecer no momento certo. É digno de nota lembrar que logo em seguida dele haver suplicado a Deus, Jacó literalmente passou o restante daquela madrugada em luta . 

Caro leitor,  a experiência desse homem ilustra muito bem o que acontece em nosso meio. Alguns tem orado fervorosamente a Deus em meio aos dramas pessoais, mesmo assim, passam pelas mais severas provas e ficam incertos com relação ao amanhã.
 A Palavra do Senhor apresenta esse quadro como sendo a Angústia de Jacó.Quero me dirigir às pessoas que estão passando, nesse momento, por uma situação ruim. Veja o que a Bíblia diz:
"Porque assim diz o SENHOR: Ouvimos uma voz de tremor, de temor mas não de paz. Perguntai, pois, e vede, se um homem pode dar à luz. Por que, pois, vejo a cada homem com as mãos sobre os lombos como a que está dando à luz? e por que se tornaram pálidos todos os rostos? Ah! porque aquele dia é tão grande, que não houve outro semelhante; e é tempo de angústia para Jacó; ele, porém, será salvo dela." Jr 30:5-7

 Nessse momento, cabe uma pergunta: como Jacó se livrou da angústia? Como já lemos, na noite anterior ele se apegou com Deus, confessou seus pecados, reconheceu que o Senhor havia sido benigno na vida dele, e colocou-se sob a Sua proteção. 
Deus interviu, e o desfecho da história foi comovente. Jacó divide seus familiares em grupos. Logo após:
"E ele mesmo passou adiante deles e inclinou-se à terra sete vezes, até que chegou a seu irmão. Então Esaú correu-lhe ao encontro, e abraçou-o, e lançou-se sobre o seu pescoço, e beijou-o; e choraram." Gn 33:3 e 4

O amor venceu. Foi Deus quem, mediante a oração feita por Jacó na noite anterior, tocou no coração de Esaú,  para que o perdoasse.
Amigo, assim como Jacó, reconheçamos nossas fraquezas e  confiemos unicamente  no Senhor, para nos livrar nas maiores lutas. Ele diz:
"Invoca-me no dia da angústia; eu te livrarei, e tu me glorificarás.Sl 50:15

EXEMPLO AOS PAIS 

 Após ser presenteado por seu irmão com gado, camelos e ovelhas,  Esaú  convidou-o para irem juntos à sua casa em Seir.
 "E disse: Caminhemos, e andemos, e eu partirei adiante de ti. Porém ele lhe disse: Meu senhor sabe que estes filhos são tenros, e que tenho comigo ovelhas e vacas de leite; se as afadigarem somente um dia, todo o rebanho morrerá. Ora passe o meu senhor adiante de seu servo; e eu irei como guia pouco a pouco, conforme ao passo do gado que vai adiante de mim, e conforme ao passo dos meninos, até que chegue a meu senhor em Seir."  Gn 33: 12-14

Uma pessoa adulta pode se adaptar às dificuldades impostas pelos rigores do deserto, o mesmo nem sempre  se aplica  à crianças ou animais. Jacó sabia disso. Muitas vezes, não podemos impor velocidade a um ou a outro, sob o risco de feri-los ou até perdê-los. 
Nos dias de hoje, ao exercermos nosso papel de pais, devemos caminhar "conforme ao  passo dos meninos", o limite que eles podem suportar. Não podemos impor a eles, cargas que nós deveríamos carregar. Pais que não conseguiram êxito em determinada área da vida, seja ela pessoal, profissional ou até mesmo espiritual, tendem a projetar nos flihos a obrigação de assumirem papéis para os quais os pequenos não estão prontos. 
Jacó está nos deixando importante exemplo: criança deve ser tratada como criança, jamais como adulto. Aceite seu filho como ele é, evite transformá-lo  em prodígio, não acelere os passos dele, ainda que seja por uma boa causa.  Agindo dessa forma,  a  infância de seu filho será protegida.

O REINO DE DEUS EM PRIMEIRO LUGAR

Tendo os irmãos se despedido, cada um tomou rumo diferente. Esaú voltou à sua casa em Seir. Jacó seguiu adiante, com seus familiares e rebanhos. 
"Jacó, porém, partiu para Sucote e edificou para si uma casa; e fez cabanas para o seu gado; por isso chamou aquele lugar Sucote. E chegou Jacó salvo à Salém, cidade de Siquém, que está na terra de Canaã, quando vinha de Padã-Arã; e armou a sua tenda diante da cidade. E comprou uma parte do campo em que estendera a sua tenda, da mão dos filhos de Hamor, pai de Siquém, por cem peças de dinheiro. E levantou ali um altar, e chamou-lhe: Deus, o Deus de Israel." Gn 33: 17-20

Os antepassados de Jacó sempre tinham o costume de primeiro levantar um altar ao Senhor, quando se estabeleciam em algum ponto. Via de regra, esse gesto era um ato de reconhecimento a Deus e o Seu cuidado, e simbolizava a importância que Ele tinha, na vida de Seu servo. O próprio Jacó experimentara várias vezes da bondade de Deus, levando-se em consideração que chegou "salvo à Salém". No entanto, até chegar lá:
  • edificou para si uma casa em Sucote;
  • fez cabanas para o seu gado;
  • armou a sua tenda junto da cidade de Siquém;
  • comprou um campo e;
  • por último, levantou um altar ao Senhor. 
 Infelizmente, Jacó ilustra a maioria das pessoas; muitos dão prioridade às suas realizações pessoais deixando assim, a comunhão com o Pai, em último plano. Davi reconhecia que a vida pertence a Deus e que pela sua bondade e misericórdia, vivemos:
Escondes o teu rosto, e ficam perturbados; se lhes tiras a respiração, morrem, e voltam para o seu pó." Sl 104:29

Amigo, que lugar Deus tem ocupado em nossa vida? É Ele realmente o mais importante? Ao escrever acerca do sacrifício  de Jesus, por toda a humanidade, Paulo declarou em sua carta:
"Porque o amor de Cristo nos constrange..." II Co 5:14
Que esse amor, profundo e sublime, nos faça buscar primeiro, a cada dia, o Reino de Deus e Sua Justiça. 
Que sejamos sempre impulsionados na direção de Deus.

Assista ao vídeo

Nenhum comentário:

Postar um comentário