sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011


- Rm 16.19 diz

"Comprazo-me pois em vós, e quero que sejais sábios no bem, mas inocentes pro mal."
      Sinceramente, não nasci pra agradar todo mundo. Nem Jesus conseguiu isso, e se conseguisse, não teria morrido por nossos pecados, pois não teria sido crucificado porque não teriam-o acusado! E se eu conseguisse essa missão impossível proeza, com certeza já teria sido arrebatada. 
      Mas o que quero falar hoje é que eu não quero fazer as coisas erradas que meus amigos fazem só porque são meus amigos. Se eles relamente forem, vão entender meu não, e se a amizade for verdadeiramente de Deus, nenhum amigo meu me tentará a pecar. Ultimamente tenho ouvido as derivadas de pureza com muito mais frequência. Também, pudera! Eu não tinha orkut até dias passados, porque não queria mentir que tinha 18, sendo que tenho apenas 17. Eu não fico, não bebo, não fumo, não mato aula, não colo, não faço um monte de coisa que gente ignorante que não conhece a Deus faz. E quer saber? Não me sinto mal por isso, e tô pouco me lixando pro que pensam de mim. Porque, meu alvo é Cristo!

      Quando me chamam de pura, purinha, santinha, freirinha eu me sinto lisonjeada. Porque significa que tô conseguindo fazer a diferença sendo diferente. Parece redundante, mas não. Muitas pessoas são diferentes e não fazem diferença nenhuma. Eu não. Já que é pra ser louca, bobona, me vestir estranhamente, que seja pra/por Cristo! Se é pra ser notada, que eu já faça o nome de Jesus ser percebido através de mim. 
      Mas tá! Quando me perguntam se nunca quis experiemntar essas coisas que não faço, eu digo que não, e cito esse versículo do começo o post, que é um versículo SUPERimportante pra justificar nossa estranhezaescolha de vida. E às vezes ouço até um amém lá na galera. A Palavra nunca volta vazia, alguma dúvida?
     Que a nossa geração se levante como bando de malucos se for preciso, mas não deixe o amor de Deus sem chegar à alguma vida. Eu quero ser totalmente radical pras coisas de Deus e não perder tempo por medo ou vergonha. Vamos tocar as vidas pra Jesus começando pelas atitudes. Purinhos, santinhos sempre aparecem, mas não são eles que vão evitar que levemos e espalhemos a Palavra pro mundo.
      É preciso muito mais do que um apelido pra derrubar um Filho de Deus. 

Quem aqui quer ser radical? :D

Nenhum comentário:

Postar um comentário